Menu principal

Início

Notícias

O Boletim Eletrônico da Sociedade Brasileira de Química tem como objetivo divulgar informações de interesse nacional relacionadas com ciência com ênfase em química, incluindo a divulgação de notícias, de oportunidades e de eventos. Não são publicadas opiniões pessoais, nem notícias de caráter regional. O Boletim é enviado para e-mails cadastrados e publicado na página da SBQ na internet e no facebook. Quando solicitado, também publicamos no twitter. Para fazer a sua contribuição, acesse o formulário

O Boletim é um informativo semanal gratuito lançado todas as quintas. O fechamento da edição ocorre às quartas às 16h. Contribuições que chegarem depois dessa hora serão publicadas na semana seguinte. Quando quinta for feriado no munícipio de São Paulo, o Boletim irá sair na quarta e o processo acima será adiantado em um dia. Para receber o Boletim basta fazer a inscrição, neste link.

As dificuldades para importar insumos como reagentes, células, modelos animais, entre outros itens indispensáveis à pesquisa, são apontadas como entraves para o avanço da ciência e tecnologia (C&T) no Brasil. » Veja mais...

Um teste capaz de detectar anticorpos contra o novo coronavírus em apenas 10 minutos – a um custo até cinco vezes menor que a média de mercado – foi desenvolvido por pesquisadores do Instituto de Química de São Carlos da Universidade de São Paulo (IQSC) e da startup paulistana Biolinker, com apoio da FAPESP.

A Iniciativa para Ciência e Tecnologia no Parlamento (ICTP.br) lançou nesta terça-feira (26/1) uma mobilização nacional pela derrubada dos vetos do presidente Jair Bolsonaro à Lei Complementar nº 177, que dispõe sobre os recursos do Fundo Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (FNDCT).

O negacionismo científico e obscurantismo intelectual do governo federal tiveram ao menos um efeito colateral positivo: um despertar da comunidade científica para a importância da comunicação com a sociedade. » Veja mais...

A Academia Brasileira de Ciências (ABC) repudia as declarações, amplamente divulgadas por um áudio nas redes sociais, com críticas não fundamentadas às vacinas que começam a ser distribuídas no Brasil.

A Universidade de Campinas (SP) deu início à divulgação de uma série de vídeos com professores a fim de combater a disseminação de fake news no país.

As vacinas contra a Covid-19 aprovadas pela Anvisa, desde que em quantidade suficiente e distribuídas em massa para a sociedade brasileira, terão papel fundamental na redução das internações, dos casos graves e óbitos causados pela Covid-19.

Conheça a Sabrina Baptista Ferreira, professora/pesquisadora do Departamento de Química Orgânica da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Farmacêutica Industrial pela UFF (2002), mestrado e doutorado em Química Orgânica pela UFRJ. Atualmente, atua como docente permanente e vice coordenadora da PGQu do IQ/UFRJ.