Menu principal

Notícias

O Boletim Eletrônico da Sociedade Brasileira de Química tem como objetivo divulgar informações de interesse nacional relacionadas com ciência com ênfase em química, incluindo a divulgação de notícias, de oportunidades e de eventos. Não são publicadas opiniões pessoais, nem notícias de caráter regional. O Boletim é enviado para e-mails cadastrados e publicado na página da SBQ na internet e no facebook. Quando solicitado, também publicamos no twitter. Para fazer a sua contribuição, acesse o formulário

O Boletim é um informativo semanal gratuito lançado todas as quintas até às 11h. O fechamento da edição ocorre às quartas às 16h. Contribuições que chegarem depois dessa hora serão publicadas na semana seguinte. Quando quinta for feriado no munícipio de São Paulo, o Boletim irá sair na quarta e o processo acima será adiantado em um dia. Para receber o Boletim basta fazer a inscrição, neste link.

Durante os dias 24 e 28 de abril de 2017, o acesso ao ambiente de homologação do SisGen (sistema que será utilizado para registro de acesso ao patrimônio genético) estará novamente disponível para testes. 

Já estão disponíveis na página do congresso da IUPAC as grades de horários com a programação de cada simpósio http://www.iupac2017.org/symposia.php) e os horários das Keynote Lectures, Invited Lectures e apresentações orais selecionadas.

Fonte: Roberto Torresi (secretário adjunto do Comitê Organizador)

O número 6 do JBCS - volume 28 de 2017, correspondente ao mês de junho já está publicado online. » Veja mais...

Descoberta anunciada pela pesquisadora de Cambridge, que poderia aumentar substancialmente a capacidade de armazenamento de energia de baterias, foi questionada por cientistas

A SBQ-Rio e os Coordenadores dos Programas de Pós-Graduação em Química do Rio de Janeiro se posicionam quanto ao corte de recursos efetuado pelo Governo do Estado do Rio de Janeiro (FAPERJ). » Veja mais...

Nunca um número tão grande de pessoas viveu tanto. Dos bebês que nascem hoje, mais da metade deve completar 65 anos e viver quase duas décadas a mais do que as pessoas nascidas em meados do século passado. » Veja mais...

George Olah transformed the understanding of organic chemistry and reactions. His Nobel-prizewinning work on carbocations — generally unstable chemical species in which a carbon atom bears a positive charge — led to applications including better oil and gas refining, new methods for synthesizing small molecules and the discovery of drugs and materials.

O valor mais do que dobra em relação ao ano anterior, que foi de R$ 26 milhões