Menu principal

Início

NOTA DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE QUÍMICA SOBRE ÁUDIO QUE DESQUALIFICA VACINAS

Tendo tomado conhecimento de um áudio do químico Marcos Nogueira Eberlin* sobre vacinas, a Sociedade Brasileira de Química (SBQ) torna público seu repúdio ao conteúdo divulgado, pois contém declarações infundadas e antiéticas, sem o compromisso com a evidência científica, e emitidas por alguém que nunca trabalhou com vacinas ou áreas afins.

 

Especialista em espectrometria de massas (EM), Marcos Eberlin, como prefere ser referido, publicou como autor ou coautor inúmeros artigos nos anos recentes nas revistas da SBQ, em geral sobre aplicações de EM a tópicos variados, de áreas específicas. Esses artigos sempre foram avaliados por colegas especialistas das respectivas áreas específicas e/ou de EM.

 

As vacinas são desenvolvidas e produzidas a partir de estudos científicos realizados por pesquisadores das ciências biológicas e da saúde, demandando conhecimento científico especializado.

 

Para garantir o discurso qualificado e o compromisso inconteste com as evidências científicas, rechaçando toda e qualquer declaração sem fundamentação científica, em breve a SBQ publicará documento com análise do conteúdo do áudio supracitado, emitida por especialistas em vacinas e ética.

 

Não obstante, a SBQ declara ser inaceitável a disseminação de declarações facciosas, unilaterais e destrutivas que podem causar a morte de pessoas.

 

No momento, vacinas são a única solução efetiva disponível para o enfrentamento da pandemia de Covid-19. Esta é a razão pela qual a SBQ reforça seu compromisso com a ética, a ciência e a verdade e declara seu apoio irrestrito à vacinação contra a COVID-19, condenando veementemente a apologia a tratamentos precoces sem comprovação científica de eficácia (por exemplo, cloroquina, hidroxicloroquina, ivermectina, combinadas ou não com azitromicina, e outros).

 

As vacinas aprovadas pela ANVISA são seguras e salvarão vidas.

 

São Paulo, 24 de janeiro de 2021.

 

Romeu Cardozo Rocha Filho

Presidente da Sociedade Brasileira de Química

----------------------------------------

* Até 2013, foi associado ativo da SBQ.